Torcicolo Muscular Congénito

Atualizado: 8 de jan.

O Torcicolo Muscular Congénito (TMC) é uma das alterações músculo-esqueléticas mais comuns no bebé que pode surgir antes ou durante o episódio de parto.

Embora a sua etiologia ainda não seja conhecida, são várias as causas que apontam para o seu surgimento, e todas elas se relacionam com disfunções e alterações a nível do músculo esternocleidomastóideo (ECM). O TMC surge devido ao encurtamento e ao espessamento de algumas fibras desse músculo, isso pode acontecer provocado pela descida da cabeça do feto, ou a um incorreto posicionamento intrauterino, durante o terceiro trimestre de gravidez, o que se traduz posteriormente em alterações e disfunções no músculo ECM.


Embora o torcicolo seja detetado através da sua postura típica (flexão com rotação do pescoço e da cabeça), e através da palpação, podem ser realizados exames complementares de diagnóstico, como o raio-x, a ecografia e as ressonâncias magnéticas. Por norma, estes exames mostram que o tecido muscular do ECM se encontra fibrosado.


Quando diagnosticado precocemente, a maioria dos casos de TMC são tratados apenas com tratamento conservador, sendo a intervenção da fisioterapia uma via fundamental no processo de reabilitação.


👶 Quer saber mais sobre esta patologia?

O seu bebé precisa da nossa ajuda? Fale connosco.








Dica: mude com regularidade a posição do seu bebé, é essencial que a postura preferencial seja contrariada ao longo do dia.

14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo